Departamento de Física

Frederico Augusto Toti

Professor Associado da Universidade Federal de Alfenas, possui graduação em Licenciatura em Física (2004), Mestrado (2007) e Doutorado (2011) em Educação pela Universidade Federal de São Carlos, na linha Ensino de Ciências e Matemática. Tem interesse nos seguintes temas: Enfoques Ciência Tecnologia e Sociedade (CTS) na Educação em Ciências, Educação em Ciências e Cidadania, relações entre Educação, Trabalho e Ensino de Física, Materiais Didáticos. Orientador e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIFAL-MG e do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (Polo UNIFAL). (Texto informado pelo autor)

  • http://lattes.cnpq.br/5154949759339458 (18/03/2023)
  • Rótulo/Grupo:
  • Bolsa CNPq:
  • Período de análise:
  • Endereço: Universidade Federal de Alfenas, Instituto de Ciências Exatas. Unidade Educacional II, Av. Jovino Fernandes Sales, 2.600, sala 202-K Santa Clara 37130000 - Alfenas, MG - Brasil Telefone: (35) 37011805 URL da Homepage: http://www.unifal-mg.edu.br/fisica/
  • Grande área: Ciências Humanas
  • Área: Educação
  • Citações: Google Acadêmico

Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

Prêmios e títulos

Participação em eventos

Organização de eventos

Lista de colaborações


Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

  • Total de projetos de pesquisa (3)
    1. 2017-Atual. Sentidos do Ensino de Física: construção de conexões entre saberes do mundo do trabalho, conhecimentos de Física escolar e desenvolvimento regional
      Descrição: No Ensino de Ciências, a busca de uma relação das ideias científicas com aquelas advindas do cotidiano dos estudantes passou a ser uma perspectiva promissora como estratégia de ensino alinhada com a LDB, com tendências internacionais e tendências pedagógicas Freirianas. No entanto, dificuldades surgiram por exemplo, na aplicação correta das ideias científicas aos problemas não acadêmicos, ao lidar com problemas cotidianos, reais, dos quais o aluno já sabem alguma coisa. Diante desta dificuldade, cresceu-se a utilização de situações cotidianas artificiais e pouco realísticas no Ensino de Física, o que repõe a desconsideração das reais circunstâncias em que os estudantes possam vivenciar e usar Ciências no seu cotidiano. Diante desta limitação e de um crescente alheamento da Física escolar diante das vivências dos estudantes, parece importante conectar conhecimento de Física com outras instâncias da viva dos estudantes, além da vida escolar tradicional. Por outro lado, as questões da economia real do Sul de Minas pouco são colocadas em perspectiva através dos conhecimentos escolares, gerando um abismo entre o mundo do trabalho e a Física escolar, o que desatende a LDB e aos esforços de melhorar a aprendizagem científica dos jovens. O projeto tem como meta central investigar em locus da economia real do Sul de Minas, elementos para estabelecimento de relações reais e mais evidentes entre os conceitos da Física e das atividades produtivas locais e gerar uma prospecção de conteúdos capazes de irrigar aulas e atividades de Ensino de Física em um plano curricular. Metodologicamente a pesquisa se situa na perspectiva dialética da análise do mundo do trabalho e conteúdos escolares de Física, buscando estabelecer relações reais entre conhecimentos escolares e cotidianos advindos da economia local. Como resultados esperamos derivar conexões entre a Física escolar e a economia local por meio de prospecção desses conteúdos em locus e da construção de fundamentação curricular. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . Integrantes: Frederico Augusto Toti - Coordenador / Artur Roberto Justiniano Junior - Integrante / Thirza Pavan Sorpreso - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
      Membro: Frederico Augusto Toti.
      Descrição: No Ensino de Ciências, a busca de uma relação das ideias científicas com aquelas advindas do cotidiano dos estudantes passou a ser uma perspectiva promissora como estratégia de ensino alinhada com a LDB, com tendências internacionais e tendências pedagógicas Freirianas. No entanto, dificuldades surgiram por exemplo, na aplicação correta das ideias científicas aos problemas não acadêmicos, ao lidar com problemas cotidianos, reais, dos quais o aluno já sabem alguma coisa. Diante desta dificuldade, cresceu-se a utilização de situações cotidianas artificiais e pouco realísticas no Ensino de Física, o que repõe a desconsideração das reais circunstâncias em que os estudantes possam vivenciar e usar Ciências no seu cotidiano. Diante desta limitação e de um crescente alheamento da Física escolar diante das vivências dos estudantes, parece importante conectar conhecimento de Física com outras instâncias da viva dos estudantes, além da vida escolar tradicional. Por outro lado, as questões da economia real do Sul de Minas pouco são colocadas em perspectiva através dos conhecimentos escolares, gerando um abismo entre o mundo do trabalho e a Física escolar, o que desatende a LDB e aos esforços de melhorar a aprendizagem científica dos jovens. O projeto tem como meta central investigar em locus da economia real do Sul de Minas, elementos para estabelecimento de relações reais e mais evidentes entre os conceitos da Física e das atividades produtivas locais e gerar uma prospecção de conteúdos capazes de irrigar aulas e atividades de Ensino de Física em um plano curricular. Metodologicamente a pesquisa se situa na perspectiva dialética da análise do mundo do trabalho e conteúdos escolares de Física, buscando estabelecer relações reais entre conhecimentos escolares e cotidianos advindos da economia local. Como resultados esperamos derivar conexões entre a Física escolar e a economia local por meio de prospecção desses conteúdos em locus e da construção de fundamentação curricular.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) . Integrantes: Artur Justiniano Roberto Junior - Integrante / Frederico Augusto Toti - Coordenador / Thirza Pavan Sorpreso - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
      Membro: Artur Justiniano Roberto Junior.
    2. 2010-2011. EDUCAÇÃO CIENTÍFICA E CIDADANIA: AS DIFERENTES CONCEPÇÕES E FUNÇÕES DO CONCEITO DE CIDADANIA NAS PESQUISAS EM ENSINO DE CIÊNCIAS
      Descrição: A cidadania participa de maneira central dos objetivos proclamados para a educação em ciências no século XXI. Porém, existem distintas compreensões acerca da cidadania e sobre quais funções ela pode assumir na educação em ciências, nem sempre conciliáveis. Apesar disto, pouco é esclarecido a respeito das idéias de cidadania nos trabalhos de pesquisa em educação em ciências. Mediante uma pesquisa de natureza teórico-bibliográfica com análise microanalítica de caráter meta-interpretativo, são caracterizadas as distintas compreensões sobre cidadania e suas funções na educação em ciências, a partir de artigos publicados em importantes periódicos de circulação internacional, da área de educação em ciências. Verifica-se que um espectro de compreensões quanto às funções que a cidadania deve ter na educação em ciências, de acordo com diversos pesquisadores em educação em ciências, com especiais dificuldades de conciliações sobre o que deve ser a ?ação cidadã? apoiada em conhecimentos científicos. Porém, figuram elementos de comum interesse, que ao transcender diferentes posições e ideologias, tem potencial para um delineamento de elementos com potencialidades para reduzir o distanciamento entre linhas de pesquisas e promover o diálogo entre os diversos grupos de pesquisas e diferentes enfoques teórico-metodológicos empregados na educação em ciências.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Frederico Augusto Toti - Coordenador.
      Membro: Frederico Augusto Toti.
    3. 2005-2007. Física no Ensino Médio e Estudantes Trabalhadores: buscando relações entre significado e sentido para a aprendizagem
      Descrição: Conciliar trabalho e estudos é uma necessidade para a maior parte dos estudantes brasileiros do Ensino Médio, segundo relatório do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de 2000 e dados do relatório do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2003. Esta realidade pode significar um desafio aos estudantes quanto à freqüência e aproveitamento escolares satisfatórios, mas por outro lado, pode viabilizar novos horizontes conceituais e perspectivas favoráveis à fusão de conhecimentos oriundos da prática do trabalho e conhecimentos sistematizados aprendidos na escola. Esta fusão pode significar novas oportunidades de aprendizagem tanto na escola quanto nos espaços de trabalho, um melhor aproveitamento escolar, além de suscitar possíveis caminhos para a superação da dicotomia entre teoria e prática. Considerando estas potencialidades em face da necessidade de desenvolvimento de conteúdos mais vinculados à realidade no Ensino de Física, esta pesquisa buscou relacionar fragmentos de conhecimentos de Física presentes nas atividades profissionais dos estudantes com os conhecimentos de Física tipicamente abordados no Ensino Médio. Para isso foi aplicado um questionário que forneceu uma distribuição dos estudantes do Ensino Médio noturno em Araraquara-SP em função de suas atividades de trabalho. Posteriormente foram entrevistados estudantes trabalhadores e realizadas visitas aos locais de trabalho com o objetivo de identificar fragmentos de conhecimentos de Física presentes nas suas atividades de trabalho e os sentidos pessoais que os estudantes atribuem ao saber escolar. Realizou-se ainda uma intervenção em sala de aula com o objetivo de avaliar a receptividade dos estudantes, bem como a potencialidade da proposta de abordar a Física a partir de elementos comuns às suas atividades de trabalho. A abordagem da psicologia histórico-cultural, em particular a teoria histórico-cultural da atividade (LEONTIEV, 1978a), possibilitou uma análise que leva em conta os elementos psicológicos envolvidos nas atividades humanas, o que permitiu fundamentar a importância de se criar condições para que os estudantes relacionem o sentido pessoal que atribuem ao conhecimento científico aprendido na escola e sua significação objetiva. Os resultados sugerem que conexões entre conhecimentos de Física presentes nas atividades de trabalho dos estudantes e aqueles ensinados no Ensino Médio possuem potencial para a criação de novas necessidades de aprendizagem, podendo contribuir para que os estudantes trabalhadores venham a atribuir novos sentidos pessoais à aprendizagem de Física.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Frederico Augusto Toti - Coordenador / Alice Helena Campos Pierson - Integrante. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
      Membro: Frederico Augusto Toti.

Prêmios e títulos

  • Total de prêmios e títulos (0)

    Participação em eventos

    • Total de participação em eventos (24)
      1. 39ª Reunião Nacional da ANPED (FORPRED). 2019. (Outra).
      2. XVII EPEF (Encontro de Pesquisa em Ensino de Física).EMOÇÕES E CULTURA DIDÁTICA. 2018. (Oficina).
      3. XXII SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA.A Formação Cidadã segundo a Perspectiva CTS: Diferentes Modelos de Cidadãos. 2017. (Simpósio).
      4. XIV Encontro de Pesquisa em Ensino de Física.Mesa 8 - Implicações da relação ciência, tecnologia, sociedade e ambiente e o ensino de Física. O processo de ensino aprendizagem da física versus a revolução tecnológica atual e a necessidade de um mundo sustentável.. 2012. (Encontro).
      5. 1º Seminário Nacional do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e 2º Encontro Nacional das Licenciaturas..CONSTRUINDO RECURSOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS PARA UMA RENOVAÇÃO CURRICULAR NO ENSINO DE FÍSICA NO CONTEXTO DO PIBID. 2011. (Seminário).
      6. 8ª Semana de Licenciatura do Instituto Federal de Goiás. O papel do professor na construção da cidadania na Educação Em Ciências. 2011. (Congresso).
      7. 8ª Semana de Licenciaturas. O papel do professor na construção da cidadania na Educação em Ciências. 2011. (Congresso).
      8. VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (VIII ENPEC) - I Congreso Iberoamericano de Investigación en Enseñanza de las Ciencias (I CIEC).. A evolução de saberes pedagógicos de um grupo de licenciandos em Física no desenvolvimento de seus trabalhos de conclusão de curso (TCC). 2011. (Congresso).
      9. II ISeminário Ibero-americano Ciência-Tecnologia-Sociedade no Ensino das Ciências (VI Seminário Ibérico CTS no ensino das Ciências)..Uma leitura da cidadania nas abordagens CTS na Educação em Ciências a partir de elementos de sociologia.. 2010. (Seminário).
      10. XII Encontro de Pesquisa em Ensino de Física.ABORDAGENS DA CIDADANIA EM PERIÓDICOS NACIONAIS DE ENSINO DE FÍSICA E DE ENSINO DE CIÊNCIAS. 2010. (Encontro).
      11. Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências.DIFERENTES PERSPECTIVAS DE CIDADANIA PRESENTES NAS DISCUSSÕES ATUAIS EM DEFESA DA ABORDAGEM CTS NA EDUCAÇÃO CIENTÍFICA. 2009. (Encontro).
      12. IX Encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste.Conteúdos para o Ensino de Física: uma investigação a partir de contextos de trabalho de Estudantes trabalhadores. 2009. (Encontro).
      13. XVIII Simpósio Nacional de Ensino de Física.Ensino de Física no cárcere: experiências didáticas de Física apoiadas em situações de trabalho de alunos reeducandos de uma unidade prisional paulista. 2009. (Simpósio).
      14. XI Encontro de Pesquisa em Ensino de Física.Educação Científica e Cidadania: relações recíprocas em pauta e um referencial em construção?. 2008. (Encontro).
      15. 7 Jornada Científica da UFSCar - IV Congresso de Pós-Graduação. Educação Científica e Cidadania: as diferentes concepções de significado e funções do conceito de Cidadania nas pesquisas em Ensino de Ciências. 2007. (Congresso).
      16. 7 Jornada Científica da UFSCar - IV Congresso de Pós-Graduação. Física no Ensino Médio e estudantes trabalhadores: buscando relações entre significado e sentido para a aprendizagem. 2007. (Congresso).
      17. VIII Encontro de Pesquisa em Educação.As atividades Profissionais de Alunos do Ensino Médio como apoio ao Ensino de Física. 2007. (Encontro).
      18. II Seminário de Teses e Dissertações do PPGE/UFSCar.O Trabalho como princípio Educativo no Ensino de Física. 2006. (Seminário).
      19. X EPEF - Encontro de Pesquisa em Ensino de Física.O Trabalho como Princípio Educativo no Ensino de Física - Limitações e Potencialidades. 2006. (Encontro).
      20. Ciclo de seminários sobre educação e trabalho.Ciclo de Seminários sobre Educação e Trabalho da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. 2005. (Seminário).
      21. International Council on Education for Teaching. 2005. (Congresso).
      22. I Seminário de teses e dissertações do PPGE.I Seminário de dissertações e tese do programa de pós-graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos. 2005. (Seminário).
      23. VI Semana de Física. 2001. (Seminário).
      24. V Semana da Física. 2000. (Seminário).

    Organização de eventos

    • Total de organização de eventos (7)
      1. TOTI, Fredrerico Augusto; MARINELI, F. ; GOMES, A. D. T. ; LIMA, G. S. ; NEVES, J. A. ; HENRIQUE, A. B.. II Enccontro Sul Mineiro de Ensino de Física (comitê Científico). 2021. Congresso
      2. COLOMBO JUNIOR, P. D. ; LEITE, D. A. R. ; OVIGLI, D. F. B. ; TOTI, F. A. ; MARTINS, R. S. ; USTRA, S. R. V. ; CAETANO, T. C.. I Encontro Mineiro de Ensino de Física. 2019. Outro
      3. TOTI, F. A.. I Seminário Institucional de Residência Pedagógica. 2019. (Outro).. . 0.
      4. FERREIRA, E. B. ; TOTI, F. A.. Introdução ao Latex para Físicos. 2017. Outro
      5. BEZERRA, A. T. ; TOTI, Fredrerico Augusto. III Semana da Física. 2016. Outro
      6. TOTI, Fredrerico Augusto; PIERSON, A. H. C. ; FRANCA, D. H. S. S.. O papel da contextualização nos Exames Nacionais do Ensino Médio: uma análise a partir da área de Ciências Naturais e suas Tecnologias. 2014. Outro
      7. TOTI, F. A.. II Seminário de Estágios de Jataí. 2010. (Congresso).. . 0.

    Lista de colaborações

    • Colaborações endôgenas (1)
      • Frederico Augusto Toti ⇔ Samuel Bueno Soltau (1.0)
        1. SOLTAU, S. B. II Simpósio Integrado da UNIFAL-MG. 2016.




    (*) Relatório criado com produções desde 1914 até 2114
    Data de processamento: 16/05/2024 15:13:08